Tuesday, March 16, 2010

PARÁBOLA DO BOM SAMARITANO (base bíblica - Lucas 10:25)

Material Necessário
  • 5 copos plásticos (1 para cada personagem: 1 ladrão, 2 homem assaltado, 3 sacerdote, 4 levita, 5 samaritano, 6 hospedeiro) 
  • Canetinha de retroprojetor (preta e vermelha)
  • Garrafa plástica de água pequena (500ml)
  • Caixa de sapato (será a hospedaria)
  • moedinhas de chocolate ou notinhas de papel (para representar dinheiro)
  • Pedaço pequeno de Pano ou gaze 
  • Álcool Gel
  • Band-aid
Primeiro, com a canetinha para retroprojetor desenhe nos copos a cara dos personagens, como na foto (nos caso da minha, não fiz o hospedeiro, mas se você tiver tempo para fazer uma ministração mais extensa, faça para as crianças entenderem.



Da esquerda para a direita: 
1- Ladrão
2- Sacerdote
3 - Levita 
4 - Samaritano
5 - Rapaz que foi ajudado pelo Samaritano

No copo 5 você faz  como no modelo abaixo, mas deixe para colocar as marcas vermelhas 
enquanto conta a história. 


Veja que de um lado ele está feliz e do outro ele está machucado. 


Para contar a história, use o copo do rapaz e coloque no gargalo da garrafa d'água, como se a garrafa fosse um cavalo.  E imite o som do cavalo, pedindo para que as crianças façam o barulho do trote.
Conte que há muito tempo atrás, um homem (tome cuidado de não mostrar a parte em que ele está machucado) viajava por uma estrada montado em seu cavalo, quando de repente foi surpreendido por um ladrão. Coloque um ao lado do outro, simule uma briga , faça o ladrão levar o cavalo do moço e mostre o rapaz todo sujo e arranhado. Nesse momento, conte às crianças que o ladrão levou o cavalo e que bateu tanto no moço que ele quase morreu. (nesse momento, faça com a caneta vermelha as marcas de sangue).
Depois, siga contando a história , falando sobre o sacerdote, o levita e o samaritano. Para cada um que passar na estrada use a mesma garrafa de água do começo e peça que a cada entrada eles façam o barulho do cavalo, batendo com as mãos na perna, e você faça o "pocotó, pocotó, pocotó".
Ande com o cavalo de um lado para o outro, passando pelas crianças, até se deparar com o rapaz machucado e caído. (eu contei a história usando uma mesa de base, enquanto andava pela sala).
Faça o caminho com o sacerdote e com o levita, fazendo comentários como se eles tivessem medo, ou que preferiram ignorar... (explique quem era o sacerdote e quem era o levita, só para que eles entendam que eram pessoas cultas e que conheciam a palavra de Deus)

Bom, quando chegar na parte do samaritano, coloque o pano/ ou gaze molhado com o álcool gel dentro do copo, e o copo sobre a garrafa d'água. Na hora em que ele encontrar com o moço ferido, tire o pano do copo e limpe os ferimentos (cuidado para não remover com o álcool os olhos e a boca, enxugue somente as lágrimas e o ferimento).
Depois, coloque um copo dentro do outro e os dois sobre o cavalo, explicando que o samaritano cuidou dele e em seguida leve-o até a caixa de sapato (que no caso, será a hospedaria).
Se quiser, faça desenhos de janela ou do letreiro, (não reparem no exemplo, está bem tosco, rs.. é só para entenderem a mensagem)
Dentro da caixa, você já deverá ter colocado o hospedeiro. Faça ele descer do cavalo, abrir a porta e colocar o moço ferido lá dentro... 


Depois, mostre que o homem voltou e entregou dinheiro (use as moedas de chocolate ou o dinheirinho de papel) para reforçar o cuidado que o samaritano teve com aquela vida. 
E faça um paralelo com os outros dois personagens, mostrando às crianças que embora eles falassem de Deus e conhecesse a sua palavra, eles não mostraram através de suas atitudes que amavam a Deus.

Fale com as crianças que quando conhecemos a Jesus devemos sempre fazer o bem, repartindo nosso brinquedo com o amigo, que não devemos xingar, brigar ou bater, que devemos sempre respeitar os pais. Que devemos mostrar que amamos a Jesus com as nossas ações, através do nosso comportamento, sem julgar, e que devemos agir da mesma forma que fez o samaritano. Ele parou para ouvir o que tinha acontecido, sem antes apontar o dedo ou ficar imaginando coisas. 
No caso desse homem ferido e caído na estrada, nós poderíamos ter pensado muitas coisas (deixe as crianças falarem), que ele era louco, que ele tinha bebido muito e por isso estava caído, que ele tinha uma doença séria e as pessoas tinham medo de se aproximar dele, etc,  e que quem cumpriu o mandamento foi o homem que demonstrou seu amor, ajudando-o da forma que ele podia, com os recursos que ele tinha. 

Espero que tenham gostado da idéia, as crianças gostaram bastante, foi uma ministração bem divertida. (ministrei para 3 - 6 anos). Os maiores já não curtem muito esse recurso. Com eles, é legal fazer um teatro, pegando as crianças para representarem enquanto conta a história.

Se tiverem alguma dúvida, mandem e.mail ou deixem nos comments.  Fiquem com Deus, uma semana abençoada. 


2 comments:

Priscila said...

Acabei de conhecer seu blog procurando por idéias para contar essa história. Achei muito bom!! Parabéns!

Edson Cardoso said...

Fiquei muito feliz ao ver o seu blog transmitindo o amor que voce tem pela obra de Deus. Jesus te abençõe e te use muito.